CDU ALANDROAL – MARIANA CHILRA É A CANDIDATA À CÂMARA MUNICIPAL E DANIEL PADILHA À ASSEMBLEIA MUNICIPAL

MARIANA CHILRA É A CANDIDATA DA CDU À CÂMARA MUNICIPAL DO ALANDROAL

Presidente da Câmara   Mariana Rosa Gomes Chilra

Mariana Rosa Gomes Chilra vai recandidatar-se à presidência da Câmara Municipal do Alandroal.

Mariana Chilra, 54 anos, natural do Rosário, freguesia de nossa senhora da Conceição concelho de Alandroal é militante do PCP, membro da Comissão Concelhia de Alandroal e da Direcção da Organização Regional de Évora do PCP.

É advogada, licenciada em Direito pela Universidade Clássica de Lisboa em 1986, foi delegada da Ordem dos Advogados na Comarca de Redondo cerca de 15 anos, foi professora do Ensino Secundário entre 1986 e 1990, foi Presidente da Assembleia Geral da Associação de Pais e Encarregados de Educação do Agrupamento de Escolas do Alandroal. Foi porta-voz do Movimento da Água Pública do distrito de Évora, Vereadora sem pelouros na Câmara do Alandroal eleita pela CDU em 2001 e 2005, foi candidata à Assembleia da República pela CDU em 2009 e 2011 e é actualmente a Presidente da Câmara do Alandroal desde 2013.

DANIEL PADILHA É O CANDIDATO À ASSEMBLEIA MUNICIPAL DO ALANDROAL

Vice presidente   Daniel António Nobre Padilha

Daniel António Nobre Padilha é o cabeça de lista da CDU à Assembleia Municipal do Alandroal. Daniel Padilha, 33 anos, natural da Aldeia da Venda freguesia de Santiago Maior, concelho do Alandroal, é militante do PCP e membro da Comissão Concelhia do Alandroal do PCP.

É Professor de Educação Física, licenciado em Educação Física e Desporto pela Universidade de Évora em 2008, fez estágios em observação e especialização em Futebol no Vitória de Setúbal, no Sporting Clube de Portugal e com a Selecção Nacional na preparação para o mundial de Futebol da Alemanha/2006. Foi treinador nas Escolinhas do Juventude Sport Clube e nos Iniciados do Lusitano Ginásio Clube, Professor de Natação, formador na Fundação Alentejo-EPRAL, foi professor no agrupamento vertical de Reguengos de Monsaraz e na Escola Secundária da Moita. Foi Vereador na Câmara Municipal do Alandroal no mandato 2009/2013 e actualmente no mandato 2013/2017 é o Vice-Presidente da Câmara Municipal do Alandroal.

AFIRMAR E CONSOLIDAR O PROJECTO AUTÁRQUICO DA CDU NO ALANDROAL

Em 2013 a CDU conquistou a Câmara do Alandroal depois duma gestão ruinosa do PS à frente dos destinos do concelho durante 12 anos. A Câmara apresentava uma situação de falência técnica, tinha contas penhoradas, dívidas a todos os fornecedores, incumprimentos de milhões de euros com os bancos e um processo de saneamento financeiro em incumprimento. Uma dívida superior a 21 milhões de euros. Por isso a gestão CDU foi obrigada em 2015 a entrar no Fundo de Apoio Municipal (FAM) para equilibrar as suas contas.

Este foi um mandato em que a Câmara Municipal voltou a ter uma imagem de seriedade, credibilidade e confiança. Valorizou-se o que é do interesse público, iniciou-se um processo de optimização dos recursos técnicos e humanos, melhorou-se significativamente a situação financeira da Câmara, reduzindo-se a dívida em cerca de 5 milhões de euros, envolveu-se a população numa gestão participada, valorizam-se os trabalhadores da Câmara e realizou um trabalho de proximidade com os eleitos e a população.

Apesar das dificuldades foi possível à CDU fazer obras e desenvolver projetos estruturantes para o concelho. Conseguiu avançar com a pavimentação de estradas degradadas, com obras de melhoria da rede de águas na maior Freguesia do concelho, reabilitar escolas, construir e ajardinar espaços de lazer nas Freguesias. Foi concluída uma creche, uma casa mortuária e reabilitado um edifício para instalação do Posto da GNR.

É pois com optimismo e confiança que a CDU se apresenta às próximas eleições autárquicas, consolidando as condições para o desenvolvimento do Alandroal, reduzindo significativamente a dívida ainda existente e avançando com as obras estruturantes para o concelho, com candidaturas apresentadas e já aprovadas no âmbito do “Portugal 2020”, pavimentações, arruamentos e acessibilidades, infraestruturas de águas e saneamento, reabilitação urbana, espaços e equipamentos culturais e de lazer, particularmente vocacionadas para crianças e idosos, a conclusão da Biblioteca Municipal com a obra parada desde 2009, concretizar as potencialidades turísticas e ambientais do “Vale Sagrado do Lucefécit” classificado no decorrer do presente mandato e prosseguir a afirmação do concelho no exterior como um destino com uma identidade paisagística, ambiental e cultural única.

A Comissão Coordenadora do Alandroal da CDU

Anúncios